PORTAL NIPPOBRASIL OnLine - 13 ANOS
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
    Horário de Brasília: Sábado, 19 de agosto de 2017 - 17h47
Destaques: Curso de JaponêsCulináriaHoróscopoAgendaInício    
História e Mestres
Pétalas ao vento
Haicai dos leitores

Resultados e premiações dos Concursos

Nos bastidores do Haicai Brasileiro

História do Haicai - Edição 531

Hori Bakusui (1718–1783)
A camélia cai –
Passa com uma risada
o monge sozinho.

Tradução:

Ameixeiras brancas —
Assim a alva rompe as trevas
deste dia em diante.


O kigo deste haicai é tsubaki (camélia), arbusto cujas flores aparecem na primavera japonesa.

Uma flor de camélia, das dimensões de um punho fechado, cai no chão, fazendo um baque quase inaudível. No mesmo momento, um monge atravessa o local, rindo por algum motivo. A camélia desprende-se inteira do galho. Diz-se que não é apreciada pelos samurais, por lembrar o movimento de uma cabeça decepada. Pela associação com a morte, nunca se presenteia os doentes com camélias no Japão moderno. Quanto à relação entre a passagem do monge e a queda da flor, não há vínculo aparente entre as duas. Entretanto, comentadores japoneses enxergam aí uma combinação requintada.

Bakusui foi contemporâneo de Buson, com quem compartilhou o interesse pela volta aos ideais de Bashô, num momento em que o haicai estava ameaçado por baixos padrões poéticos.


História do Haicai
Arakida Moritake (1473–1549)
Hattori Ransetsu (1654–1707)
Hattori Tohô (1657–1730)
Hirose Izen (?-1711)
Hori Bakusui (1718–1783)
Ihara Saikaku (1642-1693)
Ikenishi Gonsui (1650–1722)
Imbe Rotsû (1649–1738)
Inoue Shirô (1742-1812)
Kaga no Chiyoni (1703–1775)
Kagami Shikô (1665–1731)
Katô Kyôtai (1732–1792)
Kawai Chigetsu (? – 1708)
Kawai Sora (1649–1710)
Kaya Shirao (1738-1791)
Kitamura Kigin (1624-1705)
Kobayashi Issa 1 (1763-1827)
Kobayashi Issa 2 (1763-1827)
Konishi Raizan (1654-1716)
Kuroyanagi Shôha (1727-1771)
Matsue Shigeyori (1602–1680)
Matsunaga Teitoku (1571–1653)
Matsuo Bashô 1 (1644-1694)
Matsuo Bashô 2 (1644-1694)
Miura Chora (1729-1780)
Morikawa Kyoriku (1656-1715)
Mukai Kyorai (1651–1704)
Naitô Jôsô (1662–1704)
Natsume Seibi (1749-1816)
Nishiyama Sôin (1605-1682)
Nonoguchi Ryûho (1595–1669)
Nozawa Bonchô (?–1714)
Ochi Etsujin (1656-?)
Ôshima Ryôta (1716–1787)
Shiba Sonome (1664-1726)
Shida Yaba (1663-1740)
Sugiyama Sampû (1647-1732)
Suzuki Michihiko (1757-1819)
Tachibana Hokushi (?-1718)
Takai Kitô (1741-1789)
Takakuwa Rankô (1726-1798)
Takarai Kikaku (1661–1707)
Takebe Sôchô (1761-1814)
Tan Taigi (1709–1771)
Uejima Onitsura (1661–1738)
Yasuhara Teishitsu (1610-1673)
Yamazaki Sôkan (? - 1539)
Yosa Buson 1 (1716–1783)
Yosa Buson 2 (1716–1783)
Yosa Buson 3 (1716–1783)
  © Copyright 1992-2010 - Jornal Nippo-Brasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br