Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017 - 3h15
DESTAQUES:
  Empregos no Japão

  Busca
 
  NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Arquivo NippoBrasil - Edição 128 - 31 de outubro a 6 de novembro de 2001

Infecção Hospitalar
 

Dr. Otávio A.G. Branchini*

O Brasil talvez seja um dos países em que a infecção hospitalar determinou alterações profundas na sua história. Podemos lembrar as mudanças políticas ocorridas por ocasião do falecimento do presidente eleito, mesmo que indiretamente, sr. Tancredo Neves, justamente ao término do período de ditadura militar, na época das Diretas-Já.

Esse foi um episódio significativo, mas não isolado, pois as infecções hospitalares estão presentes no mundo todo, determinando um gasto de US$ 6 bilhões por ano nos Estados Unidos, e um aumento de cerca de 30% do número de dias de internação dos pacientes acometidos.

No Brasil, os dados são falhos, mas admite-se que sejam tão importantes quanto nos Estados Unidos.

Por tudo isso, e seguindo as determinações do Ministério da Saúde, todo hospital deve ter um serviço de controle de infecções hospitalares, capacitados e com poderes de definir e implementar uma série de medidas que resultem na diminuição e controle dos riscos de infecção.

Muito se comenta a respeito de infecção hospitalar, mas efetivamente, o que vem a ser isso? Como se define? Como se pega?

Infecção hospitalar é toda infecção que se adquire por ocasião da internação no hospital, ou que decorre de procedimento cirúrgico ou diagnóstico feito no hospital. Podem ocorrer vários tipos de infecção hospitalar, como: respiratórias, intestinais, urinárias, de ferida cirúrgica, entre outros.

Podem surgir a partir do terceiro dia de intermação naqueles pacientes sem infecção por ocasião da admissão, e não necessariamente se adquire por erros ou por culpa do hospital.

Na verdade, todo paciente que necessite de internação, seja clínica ou cirúrgica, tem alterado seus mecanismos imunológicos de defesa. Portanto, só por esse fato já são mais suscetíveis a desenvolver infecções. Além disso, sua flora intestinal é rica em bactérias que habitam principalmente o intestino, e que nessas ocasiões se aproveitam e podem determinar infecção.

Portanto, nem todas as infecões hospitalares são passíveis de prevenção, só cerca de 30% delas, mas a maioria delas (70%) é causada por flora bacteriana endógena, isto é, do próprio paciente.

Há certa confusão a respeito de infecções hospitalares, que podem ser consideradas infecções cruzadas, isto é, passam de um paciente para outro.

As infecções cruzadas devem ser prevenidas, mas vários critérios precisam ser obedecidos para definir o que seja uma infecção cruzada adquirida dentro do hospital. Essa caracterização é necessária para se provar que determinada infecção, que surgiu na internação, é também cruzada e passível de prevenção, antes de se culpar por erros, médicos ou hospitalares.

 
Dr. Otávio A.G. Branchini*
Mestre em Pediatria pela Unifesp (Escola Paulista de Medicina), doutor em Infectologia em Saúde Pública pelo Instituto de Infectologia Emílio Ribas e Secretaria do Estado de São Paulo, médico do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, chefe de Pediatria do Hospital Universitário São Francisco de Bragança Paulista, diretor de Departamento de Defesa Profissional da Sociedade Brasileira de Pediatria, médico Infectologista da AMHA (Assistência Médico-Hospitalar e Odontológica do Hospital Novo Atibaia).
 Coluna
 Arquivo - Saúde
• Infecção Hospitalar
• Câncer no estômago na população nikkei
• Cirurgia de Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia
• Reduzindo o risco de infarto - Parte 2
• Reduzindo o risco de infarto - Parte 1
• Aids na Terceira Idade... é melhor prevenir!
• Asma
• Hipertensão arterial afeta homens e mulheres
• Reposição Hormonal e Soja
• Dor de cabeça e qualidade de vida
• Endometriose: Uma doença enigmática
• Catarata
• Herpes simples
• Fique de Olho
• Higiene bucal como prevenção
• Câncer de Próstata
• Gastrite, é o meu estômago doendo!
• Cuidado com a pneumonia
• Entendendo o que é Diabetes Mellitus
• Mantenha a mente ativa
• Acupuntura: agulhas do bem-estar
• Acupuntura: Uma forte aliada contra o fumo
• O poderoso chá vermelho
• Fique bem com seu organismo
• Sorriso belo e saudável
• Remédios em excesso: um risco para a audição
• Shiatsu: equilíbrio na ponta dos dedos
• Chi kung
• Sorria!
• “Sai pra lá, chulé!”
• Cuidados de inverno
• O sapato nosso de cada dia
• Congelados: prático e saudável
• Trabalho sem dor
• De bem com a vida
• A eficácia do chá branco
• Sua coluna de bem com o carnaval
• Seu sangue está carente?
• De bem com o sol
• Olhar desalinhado
• Desmistifique a osteoporose
• Alimentação x TPM
• TOP 5 de uma alimentação saudável
• Alimente-se bem e emagreça!
• Unhas: Quebrou de novo!
• Frio: Perigo no ar
• Drenagem Linfática: Além da estética
• Sem fome
© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

84 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases