PORTAL NIPPOBRASIL OnLine - 13 ANOS
Fale conosco: adm@nippo.com.br   
    Horário de Brasília: Quarta-feira, 16 de abril de 2014 - 18h51
Destaques: Curso de JaponêsCulináriaHoróscopoAgendaInício    
  Busca
  Jornal Nippo-Brasil
-
  Variedades
-
  Esportes
-
  Autoajuda e Religião
-
  Empregos no Japão
-
  Publicidade

  Classificados
-
  Interatividade
-
  Correspondência
Caderno Budismo

Como mudar o destino
“Depender sempre dos outros leva ao fracasso.
Assumir responsabilidades leva ao sucesso.”

(Texto: Venerável Mestre Hsing Yün | Foto: Divulgação)

Uma das coisas que mais nos mobilizam na vida é o nosso “eu”. E o aspecto mais importante do “eu” não é outro senão o destino. Ao longo da existência, o destino muda o tempo todo, devido às circunstâncias que vão surgindo. Por causa de uma pessoa, de um fato, de uma palavra, de uma moeda ou mesmo de um pensamento, vidas inteiras podem ser alteradas. O mesmo é válido no que diz respeito aos rumos de um país e à história da humanidade, que pode até ser reescrita.

Prestígio x decadência

Na Inglaterra, o duque de Windsor abdicou do trono para se casar com sua amada, Wallis Simpson. Ao abrir mão de seu reino por sua esposa, além de mudar sua vida por causa de uma mulher, também reescreveu a história de seu país. O ex-presidente dos Estados Unidos Richard Nixon perdeu o emprego mais importante do mundo após o escândalo de Watergate. Assim, mesmo que nossa posição social nos traga alto prestígio, um simples fato pode levar-nos à mais vergonhosa humilhação.

O Mestre Ch’an Danxia, da Dinastia Tang, estava indo à capital chinesa para os exames nacionais de admissão governamental. No caminho, encontrou um monge que lhe disse: “É melhor passar pelo teste para a budeidade do que para uma cargo como funcionário imperial.” Dessa maneira, despertou de seu sonho de fama e riqueza e uma nova vida se abriu diante dele. No dia em que Henry Ford deixou a casa paterna para ganhar a vida sozinho, seu pai deu-lhe um dólar. Ele usou esse dólar como capital e, como resultado, construiu a Companhia Ford de Automóveis, conquistando um lugar na história e beneficiando toda a humanidade.

O Venerável Mestre Xuanzang, da Dinastia Tang, estava estudando as escrituras budistas quando jovem e sentiu que a quantidade de sutras traduzidos, naquela época, era insuficiente. Então, tomou a iniciativa de ir à Índia para buscar mais sutras. Por causa desse pensamento, passou 18 anos na Índia e coletou milhares de volumes das escrituras budistas sagradas, que levou para a China. Tornou-se conhecido como o Mestre do Cânone Budista. Suas metas mudaram sua vida e viraram uma nova página do desenvolvimento do budismo, da história e da cultura chinesas.

Destino e carma

As vidas das pessoas são diferentes umas das outras. Quando vemos os demais voando alto enquanto nós próprios estamos embaixo, suspiramos e nos queixamos por não estar atravessando um bom período de nossa vida – chegamos até a culpar os céus por essa má sorte. Há também quem viva a vida como ela se apresenta, acreditando que tudo em nosso caminho é predestinado.

Na realidade, nosso destino não é controlado por ninguém. Ele é resultado do carma, e tudo – hábitos, religião, emoção, poder ou desejos – pode influenciá-lo. Portanto, tudo o que temos a fazer é cultivar uma visão correta, crer na religião, construir bons relacionamentos com as pessoas e observar os preceitos com rigor, independentemente da situação e de quem ou quanto dinheiro esteja envolvido. Assim, em vez de sermos controlados pelo destino, poderemos livremente lapidá-lo.


Créditos:
Venerável Mestre Hsing Yün é o 48º patriarca do budismo chinês da escola Ch’an. Fundador do Monastério Fo Guang Shan, em Taiwan, e do Templo Zu Lai, em Cotia (SP), entre outros ao redor do mundo.
 Arquivo - Budismo
Os amigos errados
Os sabores da vida
Relacionamentos extraconjugais
Os inimigos da vida
Uma visão positiva da vida
As Quatro Estações da Vida
A energia da vida
Vida: movimento
Pensamentos positivos
Tudo em um pensamento
Como mudar o destino
Uma rica mesa de jantar
Apropriações ilícitas
Onde está a justiça?
A importância de ser um cidadão cumpridor das leis
Prepare o espírito para o novo ano
O caminho para a felicidade
A beleza da Magnanimidade
Tenha prazer em compartilhar a Alegria
Um grande senso de humor
O valor da doação
Proporcione boas causas e condições
Atos maravilhosos e histórias comoventes
Compreendendo o tempo
Vida é movimento
O valor de viajar
Até o inanimado ensina o Darma
Pensamentos positivos
A beleza de ser natural
O soar do sino...
Não adianta contar a fortuna de outros... nem um centavo do outro lhe pertence!
Prática e iluminação... Caminho e destino...
Vivendo aqui e agora
Nossa vida... nosso tempo... nossas escolhas...
Cem tentativas... UM acerto!
Teoria sem prática... o saber sem o compreender
Objetivos... caminhos a serem trilhados com convicção
Ratinho preto... ratinho branco...
Escolhas... vagueando pelos caminhos...
No caminho do entendimento... o encontro das emoções...
Pegadas na areia... além do mar infinito...
As flores... nossa vida...
Em busca do conhecimento...
Busque a felicidade dentro de si mesmo
Mente e coração Zen... o espírito Zen
O que é zen?
O que é religião?
  © Copyright 1992-2010 - Jornal Nippo-Brasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br