Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Terça-feira, 25 de abril de 2017 - 21h21
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Arquivo NippoBrasil - Edição 181 - 13 a 19 de novembro de 2002
Chiba conserva folclore cultural da região

Fachada do Katori Jingu, uma das belezas da província
 

(Fotos: Divulgação)

A província de Chiba é uma península situada ao leste de Tóquio, com 500 km de costa marítima. Ali estão inúmeros portos de pescadores, ótimas praias e campos de flores. No interior, observa-se as colinas cobertas com cedros e a presença marcante da agricultura nos vales.

Muitos visitantes que vão ao Japão, atualmente, desembarcam na província de Chiba, no Aeroporto Internacional de Tóquio, em Narita. Do aeroporto, trens e ônibus partem para a cidade de Tóquio chegando ao centro da megalópole em menos de duas horas. Durante esse trecho (Narita-Tóquio) e ao redor do movimentado aeroporto de Narita, é fácil o acesso para lugares interessantes. Conforme se avança para o ponto sul da península, o charme da região aumenta.

Ruínas e gastronomia


Em Katsuura fica o segundo maior centro industrial pesqueiro

“Atrás” de Tóquio, Chiba é a região onde o estilo da vida tradicional foi mantido, relativamente, por centenas de anos. De fato, lá estão as ruínas das habitações pré-históricas e tumbas, famosos atrativos da província.

Durante séculos, em Chiba nasceram algumas figuras famosas, como o Nichiren, fundador da facção budista homônima. Sairam de lá também Sato Taizen, fundador do primeiro hospital privado do Japão, e Ino Tadataka, cartógrafo responsável pelo levantamento do primeiro mapa da costa nipônica.

Os produtos tradicionais da região, como peixe, marisco, e shoyu, são motivo de orgulho juntamente com os vegetais, flores e madeiras (cedro). Mas, a maior característica do folclore cultural de Chiba vem do mar. Ainda hoje, centenas de barcos pescadores partem para o Oceano Pacífico. Muitos desses ainda são pintados de azul e branco, conforme a tradição. Nos festivais, a presença de grandes estandartes coloridos com cores primárias e o traje do quimono maiwai são os artesanatos representativos do folclore de Chiba.

Para relaxar

Chiba é um dos locais preferidos dos habitantes de Tóquio para relaxar. As areias brancas das praias estão entre as melhores do Japão, a pesca é excelente e o interior oferece o agradável cenário das montanhas. Para o roteiro cultural existem muitas alternativas, como o Museu Nacional da História Japonesa e o Museu da História Natural. Ainda é possível brincar com o Mickey, subir montanhas, coletar conchinhas ou somente respirar o ar marítimo.

A capital, cidade de Chiba, está a 45 minutos de Tóquio de trem. O centro tem atraentes bulevares e praças, ótimas lojas, hotéis e restaurantes. O porto é o segundo maior em volume de cargas no país. Essa modernidade guarda um lado tradicional com as típicas festividades que acontecem durante todos os anos no verão. Marcantes também são as cerejeiras do Castelo de Chiba, lembranças do passado de uma cidade com origem no século 12 e que representam um papel importante na cultura local.

O castelo fica há 15 minutos da estação de ônibus de Chiba e foi construído há 20 anos, no local do antigo castelo, no Parque de Inohama. É uma construção de cinco andares onde atualmente está o Museu Municipal do Folclore de Chiba.

A 5 minutos a pé da Estação Chiba Minato, linha Keiyo, está a Torre de Chiba, com sua estrutura em metal e vidro e elevadores para os três observatórios. A vista para o porto, da Baía de Tóquio, e o majestoso Monte Fuji são espetaculares. Próximo à torre, está ainda o Museu de Arte da Província.

O zoológico é vasto e está dividido em nove zonas, com aproximadamente mil animais de 200 espécies diferentes. A área é verde e agradável, dando a sensação de proximidade com os bichos. Um modo fácil e conveniente de chegar ao local é utilizando o monotrilho urbano da cidade, Townliner, próximo da estação JR de Chiba.

 

Província tem forte atividade pesqueira

A história do Nichiren e sua seita estende-se em Tai-no-Ura, a 3 minutos da Estação de Awa-Kominato, onde nasceu o religioso de mesmo nome. O templo ali fundado em 1.276, em comemoração ao seu nascimento, dá vista para o mar. Por uma época, na região, acreditou-se que o madai (pargo) guardava o espírito do Nichiren e era, portanto, considerado sagrado. Hoje, esse peixe é protegido como criação divina da natureza e pode ser apreciado nos passeios de barco pelas águas limpas onde vive.

Namegawa é mais do que uma ilha, onde flamingos, pavões, macacos e outros animais vivem em harmonia num cenário semi-tropical. Fazem parte do complexo, um hotel e vilas à beira mar, a 5 minutos à pé da Estação da Ilha de Namegawa.

Em Katsuura está localizado o segundo maior centro industrial pesqueiro (só perde para Chosi em escala). De longa tradição, o mercado matutino, que existe há 400 anos, é passagem obrigatória para os amantes da pesca. A Baía de Ubara, situada a 10 minutos da Estação de Ubara, é um cenário com costas marítimas formadas por pedras e vilas construídas para os turistas, e a pesca, claro, excelente. No mesmo local está o Katsuura Kaichu Koen, um parque subaquático onde é possível observar o fundo do mar numa profundidade de 8,5m.

(Colaborou Satomi Shimogo)
 Arquivo - Turismo Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 208
• Kansai - Redescobrindo as belezas da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 205
• Soka
ARQUIVO - EDIÇÃO 202
• Hirakata
ARQUIVO - EDIÇÃO 199
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 197
• Tohoku
ARQUIVO - EDIÇÃO 195
• Tóquio e arredores: belezas que encantam
ARQUIVO - EDIÇÃO 193
• Chugoku-Shigoku: O coração do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 191
• Okinawa: Uma região de paraísos subtropicais
ARQUIVO - EDIÇÃO 189
• Nagasaki - O berço cristão japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 187
• Shimabara
ARQUIVO - EDIÇÃO 185
• Tottori: O Saara japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 183
• Matsue - A herança intacta dos samurais
ARQUIVO - EDIÇÃO 181
• Chiba conserva folclore cultural da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 179
• Okutama: Refrescando-se nas montanhas
ARQUIVO - EDIÇÃO 177
• Mito: A cidade de um dos mais belos jardins japoneses
ARQUIVO - EDIÇÃO 175
• Izu - O paraíso das águas
ARQUIVO - EDIÇÃO 173
• Kyoto: Cenário de três mil templos
ARQUIVO - EDIÇÃO 171
• Chindon-ya
ARQUIVO - EDIÇÃO 169
• Toyama no Kusuri
ARQUIVO - EDIÇÃO 167
• Sensooji o templo do Carnaval
ARQUIVO - EDIÇÃO 165
• Odaiba: a face futurista de Tóquio
ARQUIVO - EDIÇÃO 163
• Todaiji: o templo do grande Buda de Nara
ARQUIVO - EDIÇÃO 161
• Ryuhyoo: O gelo navegante de Hokkaido
ARQUIVO - EDIÇÃO 159
• Hokkaido, o inverno mais gelado do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 134
• Yamanashi:
A Terra dos Lagos
ARQUIVO - EDIÇÃO 130
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 128
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 126
• Okinawa: Ryukyu, Soberano dos Mares do Sul
ARQUIVO - EDIÇÃO 124
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 122
• Monte Fuji e os Cinco Lagos
ARQUIVO - EDIÇÃO 120
• Nikko: A Cidade dos Santuários
ARQUIVO - EDIÇÃO 118
• Parques Temáticos
ARQUIVO - EDIÇÃO 116
• Hakone - A região dos vales fumegantes
ARQUIVO - EDIÇÃO 114
• Iwate
ARQUIVO - EDIÇÃO 108
• A atraente ilha de Sado
ARQUIVO - EDIÇÃO 106
• Hokkaido
ARQUIVO - EDIÇÃO 104
• Kansai: Redescobrindo as belezas da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 101
• Soka: Industrialização traz rápido progresso à cidade
ARQUIVO - EDIÇÃO 98
• Hirakata

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

146 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases