Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Terça-feira, 12 de novembro de 2019 - 6h45
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
 
Hoogaku: Música tradicional japonesa


Gagaku: música da corte criada no século ainda hoje é tocada

 

Fotos: Divulgação / Arquivo NB

Dia 6 de Junho é dia de hoogaku, ou musica tradicional japonesa. Ultimamente, esse genêro musical tocado em shamisen, koto, shakuhachi, entre outros instrumentos tipicamente japoneses, está caindo no esquecimento. O mesmo fenômeno ocorre com os teatros Nô e Kabuki. Nas escolas, o ensino de hoogaku é inserido dentro das aulas de música mas mesmo assim parece que o declínio é inevitável.

 
 

A HISTÓRIA DA MÚSICA JAPONESA

Em qualquer sociedade étnica, a música surgiu primeiro para ser tocada em cerimônias religiosas, só depois foi acrescentado o sentido de lazer, tornando-se uma modalidade artística.

A partir do século V quando o intercâmbio com China continental foi iniciado, a música do continente chegou ao Japão através da Coréia. A música gagaku (da corte) ainda hoje tocada no palácio imperial e em santuários xintoístas foi criada nessa época. No século IX os estudiosos enviados pelo governo japonês à China aprenderam os cantos para louvar Buda (shoomyoo) e outras músicas chinesas. Posteriormente, essas músicas foram adaptadas de acordo com preferência dos japoneses. Além da música da corte imperial a atividade musical popular também se desenvolveu. Em cada região surgiram canções de plantio e colheita na agricultura e de fartura na pesca entre os pescadores. Faziam sucesso também as danças de bon-odori, em festividades de finados, nos templos budistas.


O shaminsen é o principal instrumento do hoogaku

No século XVI, juntamente com o cristianismo, chegou a música ocidental. Dizem que os xoguns da época assistiam pessoalmente as apresentações de músicas ocidentais. Mas, com a proibiçãop do cristianismo, a música ocidental desapareceu até a revolução Meiji.

No Período Edo, entre os séculos XVII a XIX ganhou popularidade a música japonesa que conhecemos atualmente. Especialmente, com a chegada de jamisen, um instrumento musical da China, que posteriormente passou a ser conhecido em todo o país pelo nome de shamisen (instrumento com 3 cordas), assumindo seu posto como principal instrumento musical. Este instrumento é indispensavel nas músicas executadas em dramas no estilo de balada como bunraku e kabuki. (É incorreto pensar que shamisen está ligado a música das zonas de meretrício).

No Periodo Meij, passando pela revolução industrial, o estilo de vida também ocidentalizou-se, e a preferência passou a ser pelas músicas ocidentais. Ultimamente, hoogaku está sendo rejeitada como herança do período pré-moderno. Neste contexto, Miyagi Michio (1894-1956) especializado em koto e Nakao Tozan (1876-1956) especializado em shakuhachi (flauta japonesa) entre outros, promoveram um movimento em prol da música japonesa, introduzindo as músicas ocidentais, realizando apresentações em parceria com estrangeiros e realizaram concertos no mundo todo. Takemitsu Toru, compositor mundialmente conhecido, proporcionou ao mundo obras que integram instrumentos de hoogaku.

Agora a música está sendo revalorizada como patrimônio étnico no mundo todo, acentuando o interesse pela música tradicional japonesa no exterior. Há esforços no sentido não somente de conservá-la como herança cultural como também de recriar hoogaku ajustada as épocas modernas.

HOOGAKU É PRATICADA TAMBÉM NO BRASIL

No Brasil se pratica intensamente o karaoke principalmente em São Paulo onde há muitos grupos que conservam a tradição de hoogaku trazida pelos imigrantes japoneses. Há muitos tipos de recitais de deste gênero sendo realizados. Faço um convite para que todo assistam um concerto e conheçam este gênero musical que faz parte da cultura japonesa.

 

Arquivo NippoBrasil - Edição 209 - 4 a 10 de junho de 2003
Busca
Cultura Tradicional
Arquivo Nippo - Edição 221
O Missô na alimentação japonesa
Arquivo Nippo - Edição 219
Miyamoto Musashi
Arquivo Nippo - Edição 217
Yukata
Arquivo Nippo - Edição 215
Gionmatsuri
Arquivo Nippo - Edição 213
Onsen (termas)
Arquivo Nippo - Edição 211
Kyuudoo, a arte do arco e flecha
Arquivo Nippo - Edição 209
Hoogaku: Música tradicional japonesa
Arquivo Nippo - Edição 207
Hinagata
Arquivo Nippo - Edição 205
Karesansui - O Jardim Japonês sem Água
Arquivo Nippo - Edição 203
Rakan, a imagem do Iluminado
Arquivo Nippo - Edição 201
Três grandes personalidades marcantes da era Meiji
Arquivo Nippo - Edição 199
Kiriko (Vidros laminados)
Arquivo Nippo - Edição 197
Sekisho, os Postos de Fiscalização
Arquivo Nippo - Edição 195
Hinamatsuri
Arquivo Nippo - Edição 193
Hanafuda
Arquivo Nippo - Edição 191
Setsubun - Mamemaki
Arquivo Nippo - Edição 189
Gojuu no Too - A torre de cinco andares
Arquivo Nippo - Edição 187
ZEAMI, o criador do Nô
Arquivo Nippo - Edição 185
Feira de Hagoita
Arquivo Nippo - Edição 183
Livros editados pelos cristãos
Arquivo Nippo - Edição 181
Quimono
Arquivo Nippo - Edição 179
Kingyo
Arquivo Nippo - Edição 177
História do Daruma
Arquivo Nippo - Edição 175
Koromogae, trocando de estação e de roupa
Arquivo Nippo - Edição 173
Crisântemo, a flor do Japão
Arquivo Nippo - Edição 171
A história dos estudos japoneses no Brasil
Arquivo Nippo - Edição 169
Higuchi Ichiyo será a primeira figura feminina estampada em cédula japonesa
Arquivo Nippo - Edição 165
O grande Festival de Osorezan
Arquivo Nippo - Edição 163
O Monte Fuji
Arquivo Nippo - Edição 161
Óculos
Arquivo Nippo - Edição 159
Sharaku
Arquivo Nippo - Edição 157
KAÔ, um tipo de carimbo personalizado
Arquivo Nippo - Edição 155
Os japoneses e o Impressionismo
Arquivo Nippo - Edição 153
Colheita de Chá
Arquivo Nippo - Edição 151
Undokai, a gincana esportiva
Arquivo Nippo - Edição 149
Ninja
Arquivo Nippo - Edição 147
Os sons dos insetos
Arquivo Nippo - Edição 145
Kanban (Letreiros das casas comerciais)

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

184 usuários online