Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Terça-feira, 19 de março de 2019 - 12h59
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Comidas do Japão
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Japan House
   Festival do Japão 2018
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


 
Setsubun - Mamemaki

Na tradição do manmemaki, joga-se os grãos de soja para afastar os maus espíritos
 
Fotos: Divulgação / Arquivo NB

Setsubun significa mudança da estação do ano. A véspera do início da primavera muitas vezes é comemorada no dia 3 de fevereiro, de acordo com o calendário solar, e neste dia realiza-se em muitos lares a atividade em que se recita “Ogros fora, sorte dentro”, ao mesmo tempo em que se espalha grãos de soja pela casa. Essa atividade é chamada de mamemaki (mame= grãos, maki= espalhar).

 

A história de Mamemaki

De acordo com a astrologia chinesa onmyoodoo, com a qual previam-se a sorte e realizavam cerimônias de purificação, havia o costume de no dia que antecede o Setsubun deslocar-se a partir da residência de cada um para a direção determinada pelo seu horóscopo (zodíaco chinês) para livrar-se dos maus espíritos e dos maus fluidos. Esta atividade foi simplificada e passou-se a deslocar-se dentro da própria casa para os cômodos situados na direção favorável. E segundo contam, para expulsar os maus espíritos do cômodo, atiravam-se grãos de soja.

Esta atividade está relacionada à “Atividade de tsuina”, realizada no Palácio Imperial no Período Heian, a qual era uma importante atividade de oniyarai (expulsão dos ogros, ou expulsão de pragas e epidemias), em que no dia 31 de dezembro as crianças da nobreza corriam em perseguição aos fantasiados de ogro. O Imperador também atirava grãos de soja três vezes dentro do palácio. Esta atividade tornou-se popular na forma de mamemaki, realizada na véspera do início da primavera.

 

Por que espalhar ou comer grãos


O temor aos ogros originou vários rituais supersticiosos no Japão

Em meados do século 16 havia o costume em que as pessoas em idades de yakudoshi (idades consideradas críticas) comiam grãos de soja na quantidade equivalente à sua idade ou embrulhavam grãos e moedas na mesma quantidade em um papel, jogando o pacote na rua, após passá-lo pelo corpo todo, para que os mendigos o catassem. Acreditava-se que os grãos possuíam o poder de eliminar a epidemia, assim utilizavam-nos para fugir do azar nas idades críticas. Com alguma modificação no costume, todos passaram a realizar o ato, cada qual na quantidade da sua idade. Nos templos e santuários, ainda hoje há atividades em que são reunidas as pessoas em idades críticas, na qual atiram-se saquinhos com grãos às pessoas presentes.

 

Expulsar o ogro com mal cheiro!

Conforme a região, além de comer grãos, assava-se a cabeça de sardinha espetada num ramo de avezinho no fogo da torragem dos grãos, colocando-a em seguida na porta de entrada da casa. Além disso, conta-se que colocavam alho ou cebolinha, que possuem um forte cheiro, para que os ogros não entrassem na casa. Haviam também os que acendiam incenso para retirar os maus fluidos do corpo.

Os antigos que não desfrutavam da medicina, tentavam livrar a si mesmo e à sua família dos males e azares através de suas crenças. Experimentem comer grãos de soja torrados na quantidade da sua idade. Talvez funcione e fiquem livres de azar!


Arquivo NippoBrasil - Edição 191 - 29 de janeiro a 4 de fevereiro de 2003
Busca
Cultura Tradicional
Arquivo Nippo - Edição 201
Três grandes personalidades marcantes da era Meiji
Arquivo Nippo - Edição 199
Kiriko (Vidros laminados)
Arquivo Nippo - Edição 197
Sekisho, os Postos de Fiscalização
Arquivo Nippo - Edição 195
Hinamatsuri
Arquivo Nippo - Edição 193
Hanafuda
Arquivo Nippo - Edição 191
Setsubun - Mamemaki
Arquivo Nippo - Edição 189
Gojuu no Too - A torre de cinco andares
Arquivo Nippo - Edição 187
ZEAMI, o criador do Nô
Arquivo Nippo - Edição 185
Feira de Hagoita
Arquivo Nippo - Edição 183
Livros editados pelos cristãos
Arquivo Nippo - Edição 181
Quimono
Arquivo Nippo - Edição 179
Kingyo
Arquivo Nippo - Edição 177
História do Daruma
Arquivo Nippo - Edição 175
Koromogae, trocando de estação e de roupa
Arquivo Nippo - Edição 173
Crisântemo, a flor do Japão
Arquivo Nippo - Edição 171
A história dos estudos japoneses no Brasil
Arquivo Nippo - Edição 169
Higuchi Ichiyo será a primeira figura feminina estampada em cédula japonesa
Arquivo Nippo - Edição 165
O grande Festival de Osorezan
Arquivo Nippo - Edição 163
O Monte Fuji
Arquivo Nippo - Edição 161
Óculos
Arquivo Nippo - Edição 159
Sharaku
Arquivo Nippo - Edição 157
KAÔ, um tipo de carimbo personalizado
Arquivo Nippo - Edição 155
Os japoneses e o Impressionismo
Arquivo Nippo - Edição 153
Colheita de Chá
Arquivo Nippo - Edição 151
Undokai, a gincana esportiva
Arquivo Nippo - Edição 149
Ninja
Arquivo Nippo - Edição 147
Os sons dos insetos
Arquivo Nippo - Edição 145
Kanban (Letreiros das casas comerciais)
Arquivo Nippo - Edição 143
Otearai, toalete
Arquivo Nippo - Edição 141
Myoji - Sobrenome Japonês
Arquivo Nippo - Edição 139
Saquê, bebida milenar
Arquivo Nippo - Edição 137
Seijinshiki, a Cerimônia da Maioridade
Arquivo Nippo - Edição 135
Oshogatsu - Ano Novo
Arquivo Nippo - Edição 133
Festival dos Guerreiros de Akoo
Arquivo Nippo - Edição 131
Livros japoneses
Arquivo Nippo - Edição 129
Ryokan, hospedaria estilo japonês
Arquivo Nippo - Edição 127
Yookai: Monstros e fantasmas

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

186 usuários online