Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Quarta-feira, 22 de março de 2017 - 19h05
  Empregos no Japão

  Busca
 
  Seções NippoBrasil
   Comunidade
   Opinião
   Circuito
   Notícias
   Agenda
   Dekassegui
   Entrevistas
   Especial
-
  Variedades
   Aula de Japonês
   Automóveis
   Artesanato
   Beleza
   Bichos
   Budô
   Cultura-Tradicional
   Culinária
   Haicai
   História do Japão
   Horóscopo
   Lendas do Japão
   Mangá
   Pesca
   Saúde
   Turismo-Brasil
   Turismo-Japão
-
  Esportes
   Copa do Mundo 2014
   Copa das
 Confederações 2013
-
  Especiais
   Imigração Japonesa
   120 anos de Amizade  Japão-Brasil
   Bomba de Hiroshima
   Festival do Japão 2016
-
 Colunas
   Conversando de RH
   Mensagens
     Roberto Shinyashiki
-
 Veja mais  Classificados
   Econômico
   Empregos no Brasil
   Guia Profissionais
   Imóveis
   Oportunidades
   Ponto de Encontro
-
  Interatividade
   Fale com a Redação
-
  Institucional
   Quem somos


Arquivo NippoBrasil - Edição 132 - 28 de novembro a 4 de dezembro de 2001
 
Ilhabela: O encanto do litoral paulista

Praia do Engenho D’Água: ótima para a prática de esportes
 

(Texto: Juliana Tieko Octavini / Divulgação)


Mais de 360 cachoeiras completam o cenário da ilha

Ilhabela, o nome não poderia ser mais apropriado. Localizada no litoral norte de São Paulo, a 230 km da capital paulista, é a maior ilha marítima do Brasil e um dos principais centros turísticos, não apenas pela variedade de atrações, mas por sua extraordinária beleza natural. Com aproximadamente 20 mil habitantes, Ilhabela é conhecida como a capital da vela e o cenário perfeito para a prática de diversas atividades, como mergulho, windsurf, caminhadas, pesca, passeios de jipe e cavalgadas. A ilha possui mais de 40 praias, sendo as mais conhecidas a dos Castelhanos, Saco da Capela, Pinto, Armação, Sinos e Engenho D’Água, que distribuidas do norte ao sul, são uma das poucas regiões do país que ainda possuem a Mata Atlântica original. Atualmente, 80% da ilha foi transformada em Parque Estadual, na tentativa de preservar a exuberante mata nativa. Coberta por montanhas com mais de 1.300 metros, a ilha possui cerca de 360 cachoeiras, além de rios que serpenteiam a planície litorânea e áreas que abrigam uma rica e diversificada flora e fauna. Entretanto, vale como dica na hora de fazer as malas, não se esquecer de levar o repelente, pois a ilha abriga muitos borrachudos e pernilongos. Leia sobre as atrações mais radicais de Ilhabela no suplemento Nippo Jovem.


Mata Atlântica: 80% da ilha pertence ao Parque Estadual
 

História
Ilhabela foi descoberta dois anos depois do Brasil e foi o berço de muitas batalhas ao longo de sua história. Antes de Américo Vespúcio aportar em suas praias, em 20 de janeiro de 1502, a ilha era despovoada e servia apenas como ponto de parada para os indígenas que viajavam de Angra dos Reis a São Vicente. Com o tempo, na tentativa de proteger o território contra a pirataria, os portugueses construíram suas colônias onde hoje é o centro da cidade.

Vila
Popularmente conhecido como Vila pelos habitantes da ilha, o centro de Ilhabela é o local perfeito para a badalação e as compras. É lá que se encontra a maioria dos estabelecimentos comerciais, desde restaurantes, cafés e sorveterias até lojas de artesanato, decoração, roupas e souvenirs. As charmosas casas, construídas na época da colonização, dão à Vila um clima de harmonia e tranqüilidade. De noite, a Rua do Meio (a principal da Vila) vira ponto de encontro. Os bares e restaurantes ficam lotados e as lojinhas estão abertas até meia-noite. É na Vila que está localizada a Igreja Matriz de Nossa Senhora D’Ajuda, a mais antiga da ilha, fundada no final do século 18.


Praia de Castelhanos
A Praia de Castelhanos está localizada na região leste da ilha, a 25 km da Vila. Para chegar até ela, há três opções: de carro, lancha ou escuna. O trajeto de carro, assim como o de lancha, demora aproximadamente duas horas. Para realizá-lo, é necessário percorrer a Trilha da Água Branca, que fica dentro do Parque Estadual de Ilhabela. Durante o percurso, é preciso passar por dentro de um rio que, para os habitantes da ilha, é como se as pessoas estivessem se purificando. Porém, é aconselhavel atravessá-lo somente com um veículo 4x4. Já o passeio de escuna demora mais (cerca de oito horas), mas oferece a oportunidade de passar pelas praias mais belas da região. Castelhanos, entretanto, não possui a mesma infra-estrutura das demais praias. Trata-se de um pequeno vilarejo de pescadores que, apesar de simples, é um dos lugares mais bonitos da ilha. É lá que está localizada a principal cachoeira de Ilhabela: a do Gato.

Praia dos Sinos
Conhecida como Praia dos Sinos, a Praia de Guarapocaia, que significa “pedra que canta”, é uma das maiores atrações turísticas da ilha. Segundo a lenda, uma caravela de piratas se preparava para atacar Ilhabela quando alguns sinos misteriosos começaram a tocar, acordando toda a população. Os piratas, irritados com o barulho, acabaram derrotados pelos nativos. Porém, ninguém sabia explicar de onde surgia o som, apenas os indígenas. O barulho vinha de três pedras, apoiadas uma nas outras, que, quando golpeadas, imitavam o som dos sinos. Até hoje é possível ouvir esse som. Daí o nome da praia.

Praia do Pinto, Armação e Jabaquara
Situadas na região norte da ilha, as praias do Pinto, Armação e Jabaquara costumam ser muito freqüentadas por jovens pelas diversas atrações náuticas do local, como, por exemplo, o windsurf, o hobie cat, o laser e o mergulho.

 
 Arquivo - Turismo Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 201
• Socorro abre a porteira para o turismo
Arquivo NippoBrasil - Edição 200
• Circuito das águas
Arquivo NippoBrasil - Edição 198
• Santos: Muito além do Jardim
Arquivo NippoBrasil - Edição 192
• Maranhão, o segredo do Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 190
• Histórias do Grande Sertão Veredas em Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 188
• Turismo ecológico no Rio Grande do Norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 184
• Península de Maraú: uma delícia baiana
Arquivo NippoBrasil - Edição 180
• Pirenópolis, um pedaço do Cerrado Brasileiro
Arquivo NippoBrasil - Edição 176
• Parque Nacional da Chapada Diamantina, natureza em abundância
Arquivo NippoBrasil - Edição 174
• Santa Catarina é só festa
Arquivo NippoBrasil - Edição 172
• Turismo Cultural em Paranapiacaba
Arquivo NippoBrasil - Edição 170
• Parque Nacional da Bocaina: Natureza e sossego em abundância
Arquivo NippoBrasil - Edição 168
• Maringá: Os encantos da “Cidade Verde”
Arquivo NippoBrasil - Edição 166
• Águas de São Pedro, um pequeno paraíso no interior de São Paulo
Arquivo NippoBrasil - Edição 162
• Santo Amaro da Imperatriz, águas termais e aventura em Santa Catarina
Arquivo NippoBrasil - Edição 158
• Amazônia com conforto
Arquivo NippoBrasil - Edição 136
• Fernando de Noronha: Patrimônio Natural da Humanidade
Arquivo NippoBrasil - Edição 132
• Ilhabela: O encanto do litoral paulista
Arquivo NippoBrasil - Edição 131
• Porto Seguro: Praia de Santo André
Arquivo NippoBrasil - Edição 127
• Ecoturismo: Uma visão diferente de Santa Catarina
Arquivo NippoBrasil - Edição 123
• Araxá
Arquivo NippoBrasil - Edição 115
• Costa do Sauípe: Lazer, Paisagem e Comodidade
Arquivo NippoBrasil - Edição 113
• Caldas Novas: Opção para se esquentar no inverno
Arquivo NippoBrasil - Edição 111
• Pescaria: Os encantos da natureza são infindáveis
Arquivo NippoBrasil - Edição 109
• Jacobina: Circuito das Cachoeiras na Bahia
Arquivo NippoBrasil - Edição 105
• Pantanal
Arquivo NippoBrasil - Edição 103
• João Pessoa: ponto extremo oriental das Américas
Arquivo NippoBrasil - Edição 100
• Natal a cidade do sol no nordeste
Arquivo NippoBrasil - Edição 99
• Descobrindo os encantos do Mato Grosso
Arquivo NippoBrasil - Edição 97
• Recife
Arquivo NippoBrasil - Edição 96
• Parque Nacional Chapada dos Veadeiros
Arquivo NippoBrasil - Edição 94
• Circuito Mineiro das Águas
Arquivo NippoBrasil - Edição 93
• Lençóis Maranhenses
Arquivo NippoBrasil - Edição 91
• São Sebastião
Arquivo NippoBrasil - Edição 90
• Itacaré
Arquivo NippoBrasil - Edição 88
• Camboriú: principal pólo turístico do sul do País

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2017 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados - www.nippo.com.br

136 usuários online


Redação: editor@nippo.com.br

Diretoria: diretoria@nippo.com.br

Vendas: anuncie@nippo.com.br

Tel: (11) 9 5371 4019 (TIM)

Mais contatos e envio de releases