Portal NippoBrasil - OnLine - 19 anos
Quarta-feira, 23 de outubro de 2019 - 2h44
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-

18 de junho de 1908 ~ 18 de junho de 2019

DO CAMPO À CIDADE:
Os japoneses começam a descobrir SP

A partir de 1910 começa a inserção de imigrantes em vários setores

 

(Fotos: Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil)

As fugas das fazendas levaram os imigrantes a desbravar o interior de São Paulo. Foram, em sua maioria, para novas propriedades. Mas houve, naqueles grupos de fuga, quem viesse a São Paulo. A cidade não lhes seria estranha. Afinal, já na primeira leva do Kasato Maru, alguns já tinham ficado na capital trabalhando como carpinteiros, artesãos, forjadores, costureiros e em casas de vendas, como a Fujisaki.

Com a matriz em Sendai, a Casa Fujisaki foi aberta com o nome de O Japão em São Paulo, vendendo artigos japoneses. Em 1910, surgia no Rio de Janeiro a Casa Hachiya, com sede em Nagóia, comercializando porcelanas e artigos importados.

Historicamente, pode-se dizer que as casas Fujisaki e Hachiya foram as primeiras empresas japonesas a se instalarem no Brasil. Depois vieram, anos mais tarde, a Casa Hase, Casa Endo, Casa Nakaya, Casa Kunii e Casa Ito. Da época, costuma-se relatar a importância que teve para os japoneses os trabalhos realizados pelos conterrâneos Takeo Goto, da Casa Fujisaki, Umekichi Akeho, artesão-chefe de uma confecção de chapéus, e Teijiro Suzuki, secretário da Hospedaria dos Imigrantes.

O contingene de imigrantes japoneses começa a crescer em São Paulo. Surgiram também casas, em formato de pensões no Brás e na Móoca, que abrigavam nipônicos que chegavam à cidade após abandonarem as fazendas.

Aliada à entrada dos japoneses em novas fazendas, com a chegada do segundo grupo com 906 pessoas em 1910 no navio Ryojun Maru, começava também a inserção de muitos deles em novos setores. Em 1911, já era possível encontrar japoneses trabalhando na horticultura nos bairros de Santana e Taipas, na Zona Norte de São Paulo.

Em 1915, na Rua Conde de Sarzedas, no centro de São Paulo, transformada em paraíso dos japoneses, surgiria também a Escola Taisho, o primeiro estabelecimento de ensino criado e mantido por imigrantes. Nesse período, o número de japoneses crescia assustadoramente. Assim, foram surgindo posições de chefia e pessoas que arranjavam trabalhos em São Paulo. Seis anos após a entrada do Kasato Maru, outras nove embarcações chegaram ao Porto de Santos, totalizando 14.899 pessoas.

 

As 10 primeiras levas de imigrantes

Chegada
Navio
Companhia
18/06/1908
Kasato Maru Empire Emigration Company
28/06/1910
Ryojun Maru Takemura Imin Goshi Kaisha
25/04/1912
Kasagawa Maru Toyo Imin Goshi Kaisha
29/04/1912
Itsukushima Maru Takemura Imin Goshi Kaisha
07/05/1913
Daini Unkai Maru Takemura Imin Goshi Kaisha
15/05/1913
Wakasa Maru Toyo Imin Goshi Kaisha
24/10/1913
Teikoku Maru Takemura Imin Goshi Kaisha
28/10/1913
Wakasa Maru Toyo Imin Goshi Kaisha
26/04/1914
Wakasa Maru Toyo Imin Goshi Kaisha
11/05/1914
Teikoku Maru Takemura Imin Goshi Kaisha


A VIAGEM:
Véspera da partida

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

161 usuários online