Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Domingo, 22 de setembro de 2019 - 11h59
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 065 - 10 a 16 de agosto de 2000
 
Awa Odori e a rica gastronomia
caracterizam a cultura típica de Tokushima
Chamada de Awa até a metade do século 19, a província concentra atualmente
cerca de 830 mil habitantes em seus 4.143 quilômetros quadrados de superfície
 
Popular, esse festival de dança dá as boas vindas ao verão, enquanto o Tarai Udon e o Zomeki Ryori são dois pratos bastante consumidos durante o ano inteiro. A região é um grande fornecedor de peixe fresco, e também é conhecida por sua porcelana e produção de papéis washi. Visitar a província é conhecer sua riqueza natural, traduzida através dos mais diversos aspectos. Acompanhe:
 

(Fotos: Divulgação)



Papel japonês e cerâmica

A produção de washi – papel japonês – ganhou popularidade graças ao seu valor artístico e durabilidade. Assim como a cerâmica Otani é uma das mais famosas da província e destaca-se pela sua técnica, sua origem antiga, e a beleza de sua simplicidade.





Teatro de Bonecas
Fascinante, o Ningyo Joruri, ou o teatro de bonecas, é apresentado até hoje nos palcos de Tokushima. Sua origem teve o objetivo de entreter os homens rurais e, uma das mais famosas histórias é conhecida como Keisei Awa no Naruto. Ela foi baseada na vida de uma personalidade chamada Jurobe, que nasceu na província em 1646. As apresentações são sinônimo de sucesso e cativam pessoas de todas as faixas etárias.


88 templos de Shikoku
Parte dos costumes da população local, a peregrinação pelos templos de Shikoku possui adeptos também de províncias distantes. É necessária uma jornada de aproximadamente 1400 km para percorrer os 88 templos. Peregrinos seguem a rota famosa chamada de Kobo Daishi, em busca de esperanças e pedidos de realizações para boa saúde, rápida convalescença e prosperidade.


 



Awa Odori
Citar Tokushima é referir-se ao Obon, um festival de dança realizado durante a estação mais quente do ano e que tornou-se o símbolo da província. Batizado de Awa Odori, a performance representa tanto o passado como o presente, e tem sido perpetuada através de diversas gerações.


Limão, Udon e Zomeki Ryori
Lembrando o limão encontrado no Brasil, o sudachi é bastante utilizado em Tokushima nos pratos que levam principalmente peixes. Já o Zomeki Ryori procura mostrar através dos alimentos, como se dança o festival Awa Odori, e é composto além do peixe, de frutos do mar da própria província e de uma série de legumes. Outro prato, o Tarai Udon, é um dos mais tradicionais e disputados para ser saboreado entre amigos. Também é bastante requisitado pelo tempero marcante da região.
 Arquivo - Turismo Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 254
• Templo Horyuji
ARQUIVO - EDIÇÃO 247
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 244
• Monte Fuji
ARQUIVO - EDIÇÃO 242
• Okinawa
ARQUIVO - EDIÇÃO 240
• Hokuriku
ARQUIVO - EDIÇÃO 236
• Nikko: a cidade dos santuários
ARQUIVO - EDIÇÃO 232
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 229
• Yamanashi
ARQUIVO - EDIÇÃO 227
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 222
• Hakone
ARQUIVO - EDIÇÃO 220
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 216
• Iwate
ARQUIVO - EDIÇÃO 214
• Ilha de Sado
ARQUIVO - EDIÇÃO 211
• Hokkaido - Tudo começou em Naka Furano
ARQUIVO - EDIÇÃO 208
• Kansai - Redescobrindo as belezas da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 205
• Soka
ARQUIVO - EDIÇÃO 202
• Hirakata
ARQUIVO - EDIÇÃO 199
• Niigata
ARQUIVO - EDIÇÃO 197
• Tohoku
ARQUIVO - EDIÇÃO 195
• Tóquio e arredores: belezas que encantam
ARQUIVO - EDIÇÃO 193
• Chugoku-Shigoku: O coração do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 191
• Okinawa: Uma região de paraísos subtropicais
ARQUIVO - EDIÇÃO 189
• Nagasaki - O berço cristão japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 187
• Shimabara
ARQUIVO - EDIÇÃO 185
• Tottori: O Saara japonês
ARQUIVO - EDIÇÃO 183
• Matsue - A herança intacta dos samurais
ARQUIVO - EDIÇÃO 181
• Chiba conserva folclore cultural da região
ARQUIVO - EDIÇÃO 179
• Okutama: Refrescando-se nas montanhas
ARQUIVO - EDIÇÃO 177
• Mito: A cidade de um dos mais belos jardins japoneses
ARQUIVO - EDIÇÃO 175
• Izu - O paraíso das águas
ARQUIVO - EDIÇÃO 173
• Kyoto: Cenário de três mil templos
ARQUIVO - EDIÇÃO 171
• Chindon-ya
ARQUIVO - EDIÇÃO 169
• Toyama no Kusuri
ARQUIVO - EDIÇÃO 167
• Sensooji o templo do Carnaval
ARQUIVO - EDIÇÃO 165
• Odaiba: a face futurista de Tóquio
ARQUIVO - EDIÇÃO 163
• Todaiji: o templo do grande Buda de Nara
ARQUIVO - EDIÇÃO 161
• Ryuhyoo: O gelo navegante de Hokkaido
ARQUIVO - EDIÇÃO 159
• Hokkaido, o inverno mais gelado do Japão
ARQUIVO - EDIÇÃO 134
• Yamanashi:
A Terra dos Lagos
ARQUIVO - EDIÇÃO 130
• Okayama
ARQUIVO - EDIÇÃO 128
• Osaka
ARQUIVO - EDIÇÃO 126
• Okinawa: Ryukyu, Soberano dos Mares do Sul
ARQUIVO - EDIÇÃO 124
• Kamakura
ARQUIVO - EDIÇÃO 122
• Monte Fuji e os Cinco Lagos

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

190 usuários online