Portal NippoBrasil - OnLine - 17 anos
Domingo, 22 de setembro de 2019 - 10h12
  Empregos no Japão

  Busca
 

SEÇÕES
Comunidade
Opinião
Circuito
Notícias
Agenda
Dekassegui
Entrevistas
Especial
-
VARIEDADES
Aula de Japonês
Automóveis
Artesanato
Beleza
Bichos
Budô
Comidas do Japão
Cultura-Tradicional
Culinária
Haicai
História do Japão
Horóscopo
Lendas do Japão
Mangá
Pesca
Saúde
Turismo-Brasil
Turismo-Japão
-
ESPORTES
Copa 2014
-
ESPECIAIS
Imigração
Tratado Amizade
Bomba Hiroshima
Japan House
Festival do Japão
-
COLUNAS
Conversando RH
Mensagens
Shinyashiki
-
CLASSIFICADOS
Econômico
Empregos BR
Guia Profissionais
Imóveis
Oportunidades
Ponto de Encontro
-
INSTITUCIONAL
Redação
Quem somos
-
Arquivo NippoBrasil - Edição 048 - 14 a 19 de abril de 2000
 
Bahia um passeio pelas belezas
que encantam desde o descobrimento

(Fotos: Reprodução / Divulgação)

Ah, os 500 anos... Quanta história para contar! Tudo começou realmente no sul da Bahia. Mas o Estado inteiro é cheio de muita gente descontraída e que gosta de falar de suas origens. Talvez esse seja o local que mais valorize o turismo no Brasil! E é por esse motivo que dá gosto visitar e conversar com os baianos, que esbaldam simpatia e bom humor! Há desde locais agitadíssimos como Salvador até a exuberante Chapada Diamantina, passando por praias maravilhosas de águas cristalinas. Tem para todos os gostos e bolsos. Não é possível descrever tudo o que cada pedaço tem de melhor, mas já é possível passar vontade e sonhar em quando poderemos estar lá, descansando e vendo a vida passar...

E as festas, sejam barulhentas, folclóricas ou religiosas estão presentes durante o ano inteiro. Sendo assim, em qualquer época do ano é tempo de visitar os baianos. Se você não puder viajar agora ou achar os pacotes muito caros, consulte alguma agência de viagens a respeito dos mesmos pacotes em outros períodos.

 

Salvador
Salvador é a outra face do nosso Brasil. Foi a nossa primeira capital e também a primeira no samba. Hoje em dia a cidade é sinônimo de mar, luz, capoeira, candomblé. O Pelourinho, a bênção dos orixás, o jegue-tour são peculiaridades desse que poderia ser um mundo a parte, de tanta personalidade. Outra característica típica é o gosto pela pimentinha. No Pelourinho, não perca o maior conjunto colonial da América Latina, Patrimônio Cultural da Humanidade. São 700 construções dos séculos 17 ao 19 restauradas. À noite é programa obrigatório. Suas ladeiras e calçadas são repletas de atrações musicais. A Igreja Senhor do Bonfim é a mais popular. Em todos os lugares estão os vendedores das famosas fitinhas para fazer pedidos. Para os amantes de praias, a mais disputada é a de Itapuã, famosa ao virar tema de Vinícius de Moraes e Dorival Caymmi, cujas ondas fortes atraem inúmeros surfistas. A mais badalada nos fins de semana é a Stella Maris, mas para curtir o pôr-do-sol, os apaixonados devem se dirigir ao Farol da Barra.

Aqui, se o baiano não está em festa está ensaiando. Então, durante o ano inteiro é possível se divertir. Além do Carnaval, pré e pós, são inúmeros os festejos populares, que se iniciam no verão e se estendem, incrementando a vida noturna da cidade. O candomblé tem grande influência e quando os terreiros batem os tambores, os pais-de-santo fazem todos dançarem. A procissão, a lavagem da Igreja do Bonfim, a festa de Iemanjá. Cada um com o seu significado, espalham a cultura e atraem cada vez mais turistas e fiéis.


Chapada Diamantina
A Chapada Diamantina é uma das mais lindas regiões para os amantes do ecoturismo. São inúmeras cachoeiras cristalinas, grutas e cavernas. Em 1822, o que chamava a atenção de pessoas de outros estados era o ouro e o diamante. Depois dessa corrida, a região transformou-se num parque nacional. Para os aventureiros, a Cachoeira da Fumaça, com seus 400 metros de queda livre, sempre foi a principal riqueza da região. Outras atrações imperdíveis são a Gruta do Lapão, uma das maiores cavernas de quartzito do Brasil; e o Salão de Areias com formação rochosa multicolorida, cujas areias são usadas no artesanato local.

São milhares de quilômetros de águas que escorrem pelas serras em cachoeiras e deságuam em planaltos formando belíssimos poços e piscinas naturais. A cachoeira da Fumaça, com quase 400 metros de queda livre e o Poço Encantado são as principais atrações, mas há outros tantos roteiros subterrâneos que somente com uma boa caminhada se tem a noção do espetáculo.

Lençóis é o ponto de partida para esse passeio. Muito simples e com calçadas forradas de pedras da região, tem-se tornado bastante famosa nos últimos tempos, já que ganhou vôos diretos de São Paulo para os que se complicavam para chegar a esse destino. Agora não só os aventureiros têm acesso até a Chapada mais famosa do Brasil. Famílias inteiras deliciam-se com tamanha exuberância de paisagens. Dizem que é um dos lugares mais lindos do Brasil em termos de natureza.


Itaparica
Existe muita gente que não sabe disso, mas Itaparica é a maior ilha marítima do Brasil. Talvez seja por isso que, ao chegar à ilha, o visitante se sente como em outro país. Até a brisa que recebe os que desembarcam em Bom Despacho tem um toque e um sopro diferentes. Aqui há histórias como a de índios com fama de canibais, invasões holandesas, caça à baleia em escala industrial, religiões africanas fechadíssimas, Guerra da Independência, Guerra do Paraguai (Itaparica mandou sua tropa) e assim por diante. A ilha de Itaparica está localizada a 17 quilômetros de Salvador. O acesso é feito por balsa (uma hora de viagem) e a principal atração, com certeza, é o Club Mediterranée, um dos mais luxuosos resorts do Brasil.

Praia do Forte
A Praia do Forte é uma surpresa muito bem guardada e preservada no litoral da Bahia. Aqui está instalado o Eco-Resort de mesmo nome. Aliás, o primeiro do gênero do país, que tem como principal atração a preservação de praias, recifes de corais, fauna e flora. Localizado a apenas 55 km de Salvador, este paraíso tem um pouco da Polinésia Francesa. Nem por isso é o mais caro do país.

Aqui está a sede nacional do projeto Tamar, que visa à preservação das tartarugas marinhas. Caso você adote uma tartaruga (simbolicamente), terá a oportunidade de fazer o programa Turtle by Night. O tour começa às 21h, quando os turistas são apanhados nas pousadas e hotéis e levados até a sede do Tamar, onde assistem às palestras e vídeos sobre os animais. Em seguida fazem uma caminhada pela praia acompanhados por técnicos e pesquisadores do projeto. O grupo chega até a área de maior concentração de desova e soltam as tartaruguinhas recém-nascidas no mar.

Outros passeios podem ser feitos a pé, a cavalo ou de jipe. Easy rider horseback tours ou, simplesmente, cavalgar, é mais uma opção ecológica que os turistas têm para conhecer os arredores. Cavalgar pela praia, em noite de lua cheia, é a mais romântica das opções.


Ilhéus
Trata-se do principal destino da costa do Cacau. Dentro de Ilhéus os atrativos históricos e culturais enriquecem a bagagem de conhecimento dos visitantes. Fora da cidade o turista pode fazer passeios ecológicos por terra, mar e rios, conhecendo espécies raras, como o mico-leão de cara dourada. Pontos imperdíveis são a igreja mais antiga da cidade, a Matriz de São Jorge dos Ilhéus, onde funciona o Museu de Arte Sacra, e o Mirante da Piedade, onde está o Museu Regional do Cacau. Do alto do Amparo a vista pode alcançar os 42 quilõmetros de praias do litoral norte.

Comandatuba
A 50 km de Ilhéus, separada do continente por uma pequena distância, está a melhor alternativa de lazer de luxo do Brasil: o Hotel Transamérica Ilha de Comandatuba. Único resort brasileiro a constar da seleta lista do The Leading Hotels of The World, ele também é único em sua combinação exclusiva de requinte, ecologia, conforto, tranqüilidade e diversão. Aqui o turista se torna o dono de 21 quilômetros de praia intocada, cercada por coqueirais centenários e jardins tropicais de mais de um milhão de metros quadrados.

Os passeios são agradáveis lições sobre o ecossistema local. Vale a pena conhecer o manguezal pelo pier, energizar-se na fazenda da Dona Vida e ter um encontro com a cultura baiana em Canavieiras, com seus casarões antigos.


Itacaré
Itacaré é um município de apenas 20 mil habitantes, protegida por um cinturão de Mata Atlântica e banhada por inúmeros riachos, destacando-se o Rio de Contas, que nasce na Chapada Diamantina. Os amantes da natureza, surfistas e aventureiros descobriram em Itacaré um paraíso escondido. As pequenas praias em forma de conchas, a Barra do Rio de Contas, a Reserva Ecológica de Prainha, o manguezal e a mata fazem parte das atrações do município A Praia da Ribeira é uma das que oferece melhor infra-estrutura, com barracas e quiosques.
 Arquivo - Turismo Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 250
• Brotas: aventura, natureza e descanso
Arquivo NippoBrasil - Edição 249
• Caldas Novas é quente
Arquivo NippoBrasil - Edição 248
• Foz do Iguaçu: natureza, tecnologia e história
Arquivo NippoBrasil - Edição 246
• Pantanal
Arquivo NippoBrasil - Edição 245
• Salvador
Arquivo NippoBrasil - Edição 241
• Camboriú
Arquivo NippoBrasil - Edição 238
• Adrenalina total!!!
Arquivo NippoBrasil - Edição 233
• Floripa ou Ilha da Magia, como também é conhecida a capital catarinense
Arquivo NippoBrasil - Edição 231
• Conheça São Paulo de Metrô
Arquivo NippoBrasil - Edição 225
• Belém: capital da fé
Arquivo NippoBrasil - Edição 224
• Litoral norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 223
• Região dos Lagos
Arquivo NippoBrasil - Edição 221
• Paraty: diversão para toda família
Arquivo NippoBrasil - Edição 219
• Circuito Histórico de Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 218
• Atibaia
Arquivo NippoBrasil - Edição 217
• Foz do Iguaçu: Beleza dividida
Arquivo NippoBrasil - Edição 215
• Divirta-se nos arredores de São Paulo
Arquivo NippoBrasil - Edição 212
• Um passeio nas alturas da Serra da Mantiqueira
Arquivo NippoBrasil - Edição 210
• Onsens: Estâncias termais que garantem relaxamento e diversão
Arquivo NippoBrasil - Edição 209
• Ilha Grande
Arquivo NippoBrasil - Edição 207
• Poços de Caldas: O santuário da paz
Arquivo NippoBrasil - Edição 206
• Circuito das águas mineiro
Arquivo NippoBrasil - Edição 204
• Redescobrindo o Litoral Sul de SP
Arquivo NippoBrasil - Edição 203
• Serras Gaúchas
Arquivo NippoBrasil - Edição 201
• Socorro abre a porteira para o turismo
Arquivo NippoBrasil - Edição 200
• Circuito das águas
Arquivo NippoBrasil - Edição 198
• Santos: Muito além do Jardim
Arquivo NippoBrasil - Edição 192
• Maranhão, o segredo do Brasil
Arquivo NippoBrasil - Edição 190
• Histórias do Grande Sertão Veredas em Minas Gerais
Arquivo NippoBrasil - Edição 188
• Turismo ecológico no Rio Grande do Norte
Arquivo NippoBrasil - Edição 184
• Península de Maraú: uma delícia baiana
Arquivo NippoBrasil - Edição 180
• Pirenópolis, um pedaço do Cerrado Brasileiro

A empresa responsável pela publicação da mídia eletrônica www.nippobrasil.com.br não é detentora de nenhuma agência de turismo e/ou de contratação de decasségui, escolas de línguas/informática, fábricas ou produtos diversos com nomes similares e/ou de outros segmentos.

O conteúdo dos anúncios é de responsabilidade exclusiva do anunciante. Antes de fechar qualquer negócio ou compra, verifique antes a sua idoneidade. Veja algumas dicas aqui.

© Copyright 1992 - 2019 - NippoBrasil - Todos os direitos reservados

201 usuários online